Banda Mundo Livre S/A

On maio 26th, 2011, posted in: Bandas by Comentários desativados em Banda Mundo Livre S/A
A Banda Mundo-Livre-SA se apresenta no dia 11/06 – sábado

Para fechar a noite, a banda Mundo Livre S/A passeia pelo repertório dos seus quase 30 anos de carreira, tocando os grandes hits da banda, como “Meu Esquema”, “Musa da Ilha Grande”, “Treme-Treme” e “Manguebeat”.

Cofundadora do movimento Manguebeat, nos anos 90, o Mundo Livre S/A vem agitando a música brasileira com o criticismo de suas letras embaladas pela mistura de samba e rock, característicos da banda pernambucana.

A história do Mundo Livre S. A. começa no início dos anos 60, em Jaboatão dos Guararapes. Foi nessa cidade vizinha ao Recife que nasceu Fred Rodrigues Montenegro, hoje mais conhecido por “Zero Quatro”. Sua biografia dos tempos pré-música é a de qualquer criança de classe média da época. Ou seja, ele jogou futebol, ganhou um monte de irmãos, e cantou o hino nacional no pátio da escola, no caso o Colégio Militar, cujas marchas ainda hoje costuma cantar em noites de embriaguez.

HIT DO VERÃO

2006 foi um ano em que a banda teve várias músicas incluídas em coletâneas européias. A música “Meu Esquema” se tornou hit de rádio em Portugal, sendo lançada pela EMI em países como Itália, Suiça, Alemanha, Holanda, etc. No ano seguinte, essa mesma canção foi escolhida como tema da campanha de verão da Azaléia, na TV aberta, em todo o Brasil.

Nos Estados Unidas, foi selecionada para abrir a coletânea SAGATIBA- THE PURE SPIRIT OF BRAZIL, que também continha sucessos de Bebel Gilberto, Seu Jorge, etc.

Hoje, o Mundo Livre é uma unanimidade na música brasileira do novo milênio. A edição especial de aniversário do primeiro ano da revista Rolling Stone Brasil, lançada em outubro de 2007, publicou uma seleção dos 100 melhores discos brasileiros de todos os tempos. Junto com Chico Science e Nação Zumbi, a Mundo Livre S/A é um dos raríssimos artistas nordestinos eleitos na enquete realizada com mais de 50 especialistas.

E o melhor, dois discos da banda entraram na seleção: Samba Esquema Noise (94) e Carnaval Na Obra (97). As letras de Zero Quatro, narrando com rara poesia assuntos tão diversos como a globalização, as desventuras do Timor Leste ou as musas de biquini branco, estão entre as melhores do pop nacional. E ninguém no Brasil pós- colapso da modernização desvenda melhor os mistérios do samba que esses pernambucanos.